Ações na Educação Básica

Projetos e ações

PPGL X EDUCAÇÃO BÁSICA

2018 – 2019

 

A Comissão composta pelas docentes Ana Cláudia de Souza, Rosely Xavier e Maria Inêz Probst Lucena, desde meados de 2019 e levando em conta o Planejamento Estratégico do PPGL , tem se dedicado : i) inventariar os projetos e parcerias em andamento, entre o PPGL e a Educação Básica; ii) propor parcerias entre o PPGL e as secretarias municipais e estaduais de ensino, que terão lugar já no primeiro semestre de 2020.

O panorama geral de 2018 e 2019, de acordo com o/a docente coordenador(a) das ações, é o seguinte:

Professora Dra. Ana Cláudia de Souza

  • Ação permanente de ensino e de orientação de estágio obrigatório do curso de Letras-Português na educação básica, tanto no Ensino Fundamental quanto no Ensino Médio e no Curso Normal (Magistério), desenvolvendo projetos que, além de constituírem a formação do/a licenciando em Letras, participa da formação continuada dos/as docentes das escolas envolvidas, para além da área de Letras (Linguística e Literatura), dialogando com disciplinas e docentes das áreas de História, Artes e Pedagogia.

  • Formação continuada e permanente de professoras/es, em cadeia e de modo integrado, envolvendo pós-graduandas/os (por meio do estágio de docência), graduandas/os (por meio do estágio obrigatório da licenciatura) e professoras/es de formação de nível médio no Curso do Magistério. Esta ação se desenvolve em, pelo menos, um semestre a cada ano, há 8 anos, sendo implementada a partir de disciplina de graduação, que visa à formação do profissional de Letras para a docência, que é convidado a atuar na formação profissional do docente do Magistério em disciplinas de Fundamentos Teórico-Metodológicos do Ensino de Língua Portuguesa e Literatura e Fundamentos Teórico-Metodológicos da Alfabetização e do Letramento. Em 2019, esta ação contou com a participação do pós-doutorando Lidiomar José Mascarelo, que desenvolveu parte de seu plano de trabalho de pós-doutoramento no espaço escolar e em colaboração com a formação para a docência no curso de Letras e no Curso de Magistério.

  • Participação na coordenação e organização do evento de formação de professoras/es da Educação Básica, promovido pela E.E.B. Professor Aníbal Nunes Pires, intitulado “Semana do Magistério 2019: contextualizando políticas públicas na educação atual (ação de extensão 20191594).

  • Ministração de palestra e oficinas em coautoria com estagiárias do Curso de Letras em edições da Semana do Magistério desde 2012. São exemplos de atividades mais recentes as seguintes oficinas em parceria com as estagiárias indicadas, algumas das quais são mestrandas no PPGL a partir de 2019: “A importância do trabalho com literatura infantil e a formação do leitor literário” (Ketlin P. Ferreira, Penélope Mas, Anelise Maria Carlesso e Larissa C. da Silva, 2018), “Por uma educação básica pública real, possível, necessária e de qualidade: o que podemos fazer?” (Rebeca A. Barreto e Vanessa Grando, 2018), “Resenha Escolar: o que é e como se elabora” (Brenda T. Pires e Larissa C. Doreto, 2017); “Produção de texto: compreendendo aspectos fundamentais de textos escritos” (Karoline Espíndola, Juliana S. Francisco e Edna P. Ambrósio (2017).

  • Coordenação, em 2018 e 2019, do Curso Sistema Scliar de Alfabetização (SSA) – módulo 2, concebido e ministrado pela Professora Emérita Dra. Leonor Scliar-Cabral, com carga horária de 50 horas (ação de extensão 201809568). O curso teve como alvo a formação continuada de educadores da rede pública envolvidos com a alfabetização para a produção escrita, nas séries iniciais do ciclo da alfabetização, fundamentando-os e instrumentando-os com uma metodologia baseada nos avanços da linguística, da psicolinguística e das neurociências. O curso foi ministrado integralmente a distância, por meio do ambiente virtual Moodle, e certificou 85 professores concluintes de diversas regiões do país.

  • Ministração da aula inaugural do Curso de Pedagogia do Instituto Federal Catarinense (Campus Videira), em 2019, com o título “O ensino da leitura: da formação do professor à formação do leitor desde a alfabetização”, visando à formação inicial das/os licenciandas/os, professoras/es em potencial, e também de professoras/es em efetiva atuação em sala de aula da Educação Básica.

  • Atividade integrada ao Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da UFFS, com vistas à formação para a docência na educação básica e no ensino superior e para a pesquisa na pós-graduação, em parceria com a Professora Dra. Claudia Finger-Kratochvil, no IV Instituto de Estudos Linguísticos, intitulada “Roteiros de leitura no ensino: ferramenta para o fazer docente”.

  • Encontro de formação de professores, em 2019.1, promovido pela Coordenadoria de Educação da Grande Florianópolis e realizado na E.E.B. Professor Aníbal Nunes Pires, com o objetivo de tratar da importância do planejamento e de sua constituição e elaboração ao grupo de docentes da escola, envolvendo todas as áreas de conhecimento contempladas na Educação Básica.

  • Participação, em 2019.2, em mesa redonda, promovida pelo Professor Leandro Lopes Costa (História), na E.E.B. Professor Aníbal Nunes Pires, visando ao público de professoras/es em formação para atuação na educação básica – Educação Infantil e Ensino Fundamental I. A atividade foi intitulada “A importância do ato de ler: o impacto da leitura na formação dos professores do Magistério” e contou com a participação do Professor Viegas Fernandes da Costa (IFSC – História), Maria Isabel Brisolara (Colégio de Aplicação UFSC – Língua Portuguesa e Literatura) e Ana Cláudia de Souza (PPGL-UFSC – Psicolinguística).

  • Ações vinculadas ao grupo de pesquisa Núcleo de Estudos em Leitura (NEL), coordenado pela Professora Dra. Lêda Tomitch (PPGI-UFSC), do qual a Professora Ana Cláudia é pesquisadora desde a sua fundação. Informações: https://nelcce.paginas.ufsc.br/

  • Ações vinculadas ao grupo de pesquisa “Patrimônio Memória e Educação” (PAMEDUC), coordenado pelo Professor Elison Antônio Paim (PPGE-UFSC). Informações: https://pameduc.paginas.ufsc.br/

Professora Dra. Ana Lívia Agostinho

  • Curso de formação para professores de lung’Ie, língua crioula de base portuguesa, falada na Ilha do Príncipe, em São Tomé e Príncipe, realizado na Ilha do Príncipe em 2019. A atividade teve apoio do Governo Regional do Príncipe e do Programa de Pós-graduação em Linguística da UFSC. O objetivo foi capacitar os professores de lung’Ie em relação à ortografia da língua com base no Alfabeto Unificado para as Línguas de São Tomé e Príncipe (ALUSTP) e ao método pedagógico do lung’Ie (AGOSTINHO, no prelo), a ser utilizado como material didático na sala de aula.

 

Professora Dra. Ana Paula Santana

  • GELCE: Grupo de Estudos em Linguagem, Cognição e Educação – Palestras quinzenais abertas à comunidade e aos docentes da educação básica sobre temas relacionados à linguagem e à educação, principalmente no que se refere à educação inclusiva e à educação especial, e ações da Fonoaudiologia Educacional. Participam como público, além de alunos da graduação e da pós-graduação, profissionais vinculados à educação básica.

  • Inclusão e Acessibilidade: ações de educação e saúde no contexto da surdez – Projeto de extensão, que envolve estudantes de graduação e de pós-graduação, por meio de ações de saúde e educação para estudantes surdos e profissionais da educação de ensino básico e superior, com vistas a promover acessibilidade e inclusão educacional. São exemplos dessas ações: cursos para formação de instrutores surdos vinculados à Secretaria de Educação de Florianópolis, palestras sobre inclusão de alunos surdos, oficinas de letramento para alunos surdos, ações na Educação de Jovens e Adultos da Associação de Surdos de Florianópolis, dentre outras. Professores da rede estadual, municipal e da universidade são participantes dessas ações.

  • Ações transdisciplinares às pessoas – público-alvo da Educação especial e com transtornos funcionais – Em contexto educacional e clínico, este projeto tem como objetivo realizar ações transdisciplinares nas áreas da educação e saúde de forma relacionada às pessoas público-alvo da educação especial e às pessoas com diagnóstico de transtornos funcionais. Essas ações envolvem discussões interdisciplinares com professores da rede municipal e estadual de educação, que possuem alunos com dificuldades escolares e que sejam público-alvo da educação especial, com a proposta de discutir ações inclusivas e interativas a partir da saúde, no caso específico, da Fonoaudiologia, vinculadas à educação.

  • Estágio de docência em disciplina de graduação: Alunos de pós-graduação participam de estágio docência em disciplinas da graduação que envolvem práticas realizadas na interface saúde/educação, especificamente entre a Fonoaudiologia e a Educação Básica a partir dea ações interdisciplinares que favorecem a formação de profissionais para a educação inclusiva. São realizadas ações nas escolas, que envolvem docentes, familiares, alunos e coordenadores pedagógicos sobre temáticas de promoção de letramento, dificuldades no processo de aprendizagem da linguagem escrita e educação inclusiva.

Professora Dra. Edair Maria Görski

 

As produções enumeradas abaixo estão vinculadas ao projeto de pesquisa em andamento Ensino de gramática a partir do uso: multifuncionalidade e variação, que se inscreve no campo da Sociolinguística Educacional e envolve: discussão acerca do impacto do campo no ensino de língua portuguesa;  análise de fenômenos gramaticais em produções escritas de alunos do Ensino Fundamental; testes de crenças e atitudes entre docentes e discentes acerca de questões que envolvem variação linguística; elaboração de propostas de ensino.

  • Disciplina regularmente ministrada a professores da rede no ProfLetras, uma vez por ano, desde 2014: Gramática, variação e ensino, cujo objetivo é refletir sobre os fenômenos gramaticais da língua em uso a partir de uma concepção de língua sócio-historicamente situada. Impacto esperado: reposicionamento dos professores acerca do ensino de gramática. A disciplina está tematicamente relacionada à linha Contato, Variação e Mudança do PPGL.

  • Supervisão do pós-doutoramento de Tatiana Schwochow Pimpão (egressa do PPGL), desde agosto de 2019. Como parte do plano de trabalho do pós-doutorado, visa oferecer uma atividade – curso/oficina – para os professores do ensino básico envolvendo leitura e interpretação de títulos de textos jornalísticos em perspectiva funcionalista.

Professora Emérita Dra. Leonor Scliar-Cabral

  • Concepção, elaboração e ministração, em 2018 e 2019, do Curso Sistema Scliar de Alfabetização (SSA) – módulo 2, coordenado pela Professora Dra. Ana Cláudia de Souza, com carga horária de 50 horas (ação de extensão 201809568). O curso teve como alvo a formação continuada de educadores da rede pública envolvidos com a alfabetização para a produção escrita, nas séries iniciais do ciclo da alfabetização, fundamentando-os e instrumentando-os com uma metodologia baseada nos avanços da linguística, da psicolinguística e das neurociências. O curso foi ministrado integralmente a distância, por meio do ambiente virtual Moodle, e certificou 85 professores concluintes de diversas regiões do país.

  • Formação continuada de professores da Educação Básica do município de Lagarto (Sergipe), visando à alfabetização de crianças e assessoria à Secretaria Municipal de Educação do referido município, contando com a colaboração da Professora Dra. Marileia Silva dos Reis (professora UFS e egressa PPGL-UFSC).

  • Elaboração e publicação de material pedagógico para professores e estudantes do Ensino Fundamental I objetivando à preparação das professoras e sua formação teórico-metodológica, assim como a alfabetização democrática das crianças no país. Obras publicadas: “Sistema Scliar de Alfabetização: roteiros para o professor – módulo 1, volume 1 (2019), “Aventuras de Vivi no mundo da escrita” (2019), “Sistema Scliar de Alfabetização: roteiros para o professor – módulo 1, volume 2 (2018), “Aventuras de Vivi” (2012).

Prof. Dr. Rodrigo Acosta Pereira

  • Participação no NELA – Núcleo de Estudos em Linguística Aplicada, fundado em 2009 e especializado em projetos de ensino, pesquisa e extensão, que se ancora na concepção de língua(gem) como prática social, envolvendo projetos sobre discurso e práticas de linguagem na esfera escolar. Informações: http://nela.cce.ufsc.br/

  • Coordenação do GELID – Grupo de estudos em linguagem e dialogismo, especializado em projetos de pesquisa e de extensão voltados ao trabalho com a linguagem em contextos escolares e não escolares. Dentre as pesquisas desenvolvidas estão aquelas voltadas à formação de professores de língua portuguesa para Educação Básica. Informações: https://gelidufsc.wixsite.com/gelid

  • Participação no projeto interinstitucional “Estudos dialógicos da linguagem: contribuições para pesquisas em Linguística Aplicada nos contextos escolares e não-escolares”. Trata-se de uma proposta de projeto interinstitucional, inscrita na área da Linguística Aplicada, que abarca pesquisadores de diferentes Universidades (UNIOESTE, UEM, UNESPAR, UEL, UEPG, UNICENTRO, UENP, UTFPR, UFSC, UFPA, UFT, UFFS).

  • Participação no Plano Nacional do Livro Didático (PNLD) – Ens. Fund. 2020. O docente participou como avaliador de língua portuguesa do PNLD do Ensino Fundamental 2020.

  • Ministração de oficina de formação continuada de professores da rede municipal de Florianópolis/SC. O docente participa das oficinas de formação continuada de professores de língua portuguesa da rede municipal de Florianópolis/SC.

  • Participação na mesa redonda intitulada “Desafios metodológicos no ensino e aprendizagem de línguas”, em 2019, no Seminário de Línguas da Rede Municipal de Ensino de Florianópolis, com o objetivo de abordar os desafios voltados para o ensino-aprendizagem de língua portuguesa na educação básica.

  • Participação no colegiado do PROFLETRAS. O docente integra o colegiado do Programa de Mestrado Profissional em Letras – PROFLETRAS – programa em rede que tem como objetivo a formação continuada de professores da rede pública de ensino da escola de Educação Básica de todo o país.

  • Coordenação do projeto de pesquisa institucional “Práticas discursivas em contextos escolares e não escolares”, que desenvolve estudos voltados às questões em torno da esfera escolar, da escola de Educação Básica. Envolve alunos de Iniciação científica, de mestrado e de doutorado.

  • Participação na base de pesquisa interinstitucional: integra a base de pesquisa “Práticas discursivas na contemporaneidade”, com coordenação geral na UFRN, desenvolvendo pesquisa sobre práticas de linguagem na esfera escolar em contexto da escola de Educação Básica. Envolve professores da UFRN, PUCSP, UFPE, UFSC e UFAL. Informações: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/9839269587222275

  • Participação no grupo de pesquisa institucional “Grupo de estudos no campo discursivo”, na UFSC, desenvolvendo pesquisas no âmbito da análise dialógica de discurso em práticas de linguagem nos contextos escolares e não escolares. Informações: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1159668037519548

 

Professora Dra. Rosângela Pedralli

  • Elementos filosóficos para revisão curricular: uma discussão inicial – Encontro de formação, realizado em 2018, destinado à discussão de aspectos filosóficos elementares para a revisão curricular pretendida pelo município de Itapoá/SC, tomando como ponto de partida a Proposta Municipal em vigor na rede de ensino. Tratou-se, pois, do primeiro encontro, que derivou em projeto de extensão sistemática, ao longo de 2018 e 2019, na rede em tela.

  • Projeto Político-Pedagógico, Planejamento e Metodologias de ensino: fundamentos para o trabalho educativo – Curso, realizado em 2018 e organizado em dois grupos, que teve por objetivo apresentar e discutir os principais aspectos envolvidos no trabalho educativo, quais sejam: Projeto Político-Pedagógico, Planejamento das ações de ensino e Metodologias de ensino. Para tal, o curso foi ministrado em dois dias e envolveu profissionais responsáveis tanto pela atividade-meio quanto pela atividade-fim da prática pedagógica, diretores e orientadores de ensino e professores.

  • Fundamentos teórico-filosóficos e metodológicos: implicações para as atividades de gestão e docência no Ensino Fundamental – Curso foi delineado para atender a demanda apresentada pela equipe da Secretaria Municipal de Educação de Itapoá/SC, em 2018 e 2019, tendo objetivos voltados a duas frentes correlacionadas: subsidiar o processo de estudo e revisão da Proposta Municipal e contribuir para a formação dos profissionais que atuam tanto na atividade-meio, quanto na atividade-fim da rede.

  • Ditado metalinguístico: desenvolvimento do conhecimento linguístico e formação de professores – Trata-se de palestra realizada, em 2018, em parceria com Profa. Dra. Otilia de Sousa da Universidade de Lisboa, na qual foi apresentado um projeto pedagógico-didático de formação continuada de professores que visa melhorar as práticas de ensino da ortografia.

  • As atividades de gestão na Educação Básica e suas implicações para a formação humana: reflexões teóricas comprometidas com a escola – Curso demandado pela rede municipal de ensino de Blumenau/SC, em 2018, que teve como objetivo formar gestores escolares em vistas à apropriação de conhecimentos que subsidiem e ressignifiquem a sua prática, na busca por robustecer e complexificar o papel da escola na formação humana integral.

  • Formação por área da Rede Municipal de Educação – Concórdia/SC – Atividade docente desenvolvida, em 2018, com o grupo de professores de Língua Portuguesa do município de Concórdia/SC, como etapa da reestruturação da Proposta Curricular para Educação do município.

  • Formação continuada da rede municipal de educação de São Bento do Sul/SC: fundamentos teórico-filosóficos e metodológicos e atualização curricular – Projeto de formação continuada de profissionais responsáveis pelas atividade meio e fim da Rede Municipal de Educação de São Bento do Sul/SC, a ser realizado em duas etapas, quais sejam: (i) 2018.2 – formação de equipe técnica e especialistas; (ii) 2019.1 e 2 – formação de toda a rede, em grupos, com apoio dos especialistas da rede. Tal projeto tem como objetivo contribuir para a formação desse coletivo de profissionais, especialmente no que compete aos fundamentos teórico-filosóficos e metodológicos, e (re)elaboração do documento municipal curricular.

  • Formação continuada na educação da rede municipal de Rio Negrinho/SC: os fundamentos teórico-filosóficos e metodológicos como ponto de partida para atualização curricular – Projeto de formação continuada de profissionais responsáveis pelas atividade meio e fim da Rede Municipal de Educação de Rio Negrinho/SC, a ser realizado em duas etapas, quais sejam: (i) 2018.2 – formação de equipe técnica, especialistas e professores de História em atuação nos Anos Iniciais; (ii) 2019.1 e 2 – formação de toda a rede, em grupos, com apoio dos especialistas da rede. Tal projeto tem como objetivo contribuir para a formação desse coletivo de profissionais, especialmente no que compete aos fundamentos teórico-filosóficos e metodológicos, e (re)elaboração do documento municipal curricular.

  • Formação continuada de profissionais da educação de Garuva/SC: dimensões filosófica, teórica e metodológica em relação na elaboração curricular – Curso, realizado em 2019, com o objetivo principal de discutir interdisciplinarmente a relação entre filosofia, teoria e metodologia e suas implicações para o trabalho educativo, a fim de subsidiar o processo de estudo e de elaboração da Proposta Municipal e contribuir para a formação dos profissionais que atuam tanto na atividade-meio, quanto na atividade-fim da rede. Ao final do curso, o grupo deverá ter elementos para a produção da Proposta Municipal.

  • Fundamentos teórico-filosóficos e metodológicos para o trabalho educativo nos Anos Iniciais – Formação de professores dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, realizada em 2018, com vistas a subsidiar o processo de reelaboração curricular em andamento da Rede Municipal de Educação de Capinzal/SC. Nos encontros, foram discutidos elementos teórico-metodológicos fundamentais para a apropriação da escrita.

  • Avaliação na Educação Básica – Curso de curta duração, realizado em 2018, demandado pela rede municipal de educação de São Bento do Sul, que envolve todos os profissionais em atuação nessa rede: Educação Infantil, Anos Iniciais e Anos Finais. A ação está relacionada à atualização da formação dos profissionais da rede de ensino para posterior atualização da Proposta Curricular Municipal.

  • Docência em Língua Portuguesa: currículo, formação humana e trabalho docente – Evento organizado, em 2018, com vistas a contribuir para a discussão sobre currículo e formação de professores, com pós-graduados e pós-graduandos do PROFLETRAS/UFSC, de demais unidades, de outros programas; graduandos de Licenciatura em Letras e demais cursos; professores da Educação Básica, tanto de Língua Portuguesa quanto de demais componentes curriculares.

  • Programa de Educação Linguística na formação humana –Projeto de extensão, desenvolvido em 2018 e 2019, que envolve também os eixos ensino e pesquisa, de natureza interinstitucional, gestado no âmbito do Grupo de pesquisa ‘Cultura escrita e escolarização’ e vinculado ao Núcleo de Estudos em Linguística Aplicada/UFSC. Na forma de grupos de estudos e demais ações de extensão, reúnem-se acadêmicos de graduação, pós-graduação e professores das redes públicas.

  • Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC – O PNAIC é um compromisso formal assumido pelos governos Federal, do Distrito Federal, dos Estados e dos Municípios para assegurar a alfabetização de todas as crianças, no máximo até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental. Para o alcance desse objetivo, estabeleceu-se como eixo principal do programa, entre 2017 e 2018, a formação continuada de professores alfabetizadores, para o que se voltam grande maioria dos municípios do estado de Santa Catarina.

  • Fundamentos educacionais: implicações para a Educação Linguística – Grupo de estudos, com encontros mensais em 2019, nos quais se objetiva discutir obras fundamentais do campo da Educação, com vistas a compreender as implicações delas para a Educação Linguística. Em dimensão interinstitucional, o grupo reúne professores do magistério superior de duas instituições, UFSC e FURG, pós-graduandos em nível de mestrado e doutorado, acadêmicos da graduação em Letras e Pedagogia, e professores das redes municipal e estadual.

  • Educação Linguística em contexto educacional bilíngue – Atividade de formação continuada, desenvolvida em 2019, envolvendo profissionais responsáveis pela educação linguística de crianças das duas escolas bilíngues do município de Blumenau/SC. Nela, foram discutidos os fundamentos da Psicologia Histórico-cultural e implicações para o processo de formação humana, em especial no que compete à educação em linguagem.

  • Educação Linguística em contexto educacional bilíngue: o primordial e o secundário nos pareceres descritivos – Atividade de formação continuada, desenvolvida em 2019, envolvendo profissionais responsáveis pela educação linguística de crianças das duas escolas bilíngues do município de Blumenau/SC. Trata-se de uma ação complementar, demandada pela própria rede, enfatizando o processo avaliativo da educação linguística e a elaboração de documentação pedagógica para esse fim.

  • Formação continuada de profissionais da Educação de Blumenau/SC – Atividade de extensão organizada em duas etapas, uma em 2018 e outra em 2019, compreendendo o mesmo grupo. Nelas, foram discutidas relações teórico-filosóficas e metodológicas a partir da Psicologia Histórico-Cultural, com o objetivo de subsidiar a reelaboração de ações educativas envolvendo a modalidade escrita da língua no âmbito da pré-escola na rede municipal de ensino de Blumenau/SC.

  • Planejamento do trabalho educativo: uma discussão a partir de bases histórico-culturais – Complementação ao projeto “Fundamentos teórico-filosóficos e metodológicos: implicações para as atividades de gestão e docência no Ensino Fundamental” – 201800759 -, solicitada pela Secretaria Municipal da Educação de Itapoá/SC e realizada em encontros mensais, durante 2019.2, na própria universidade. O objetivo da formação é subsidiar o trabalho de planejamento dos professores da rede municipal de ensino a partir de discussão de fundamentação teórica de base histórico-cultural e análise de documentação pedagógica.

 

  • Atualização da formação dos profissionais da educação e da proposta curricular do município de Balneário Camboriú/SC – Processo de atualização da formação de todos os profissionais da educação da rede municipal de Balneário Camboriú/SC com início em 2018.2 e previsão de finalização em 2020.2. Nos encontros, são discutidos os fundamentos da Psicologia Histórico-Cultural e as implicações para o trabalho educativo, incluindo os processos de alfabetização, ensino de línguas, profissionais envolvidos em aulas de leitura e demais profissionais. Como resultado do processo, o município atualizará também sua Proposta Curricular.

Professora Dra. Rosely Perez Xavier

  • Curso de capacitação para professores de línguas estrangeiras da Rede Municipal de Ensino de Florianópolis, em 2019. O curso visou promover reflexão sobre a noção de ‘autenticidade de tarefa’ e os critérios para se avaliar, produzir e adaptar atividades autênticas de ensino e aprendizagem de língua estrangeira. A atividade buscou contribuir com a qualidade das propostas pedagógicas dos professores em sala de aula.
  • Comunicação em mesa redonda intitulada “Desafios metodológicos no ensino e aprendizagem de línguas”, em 2019, no Seminário de Línguas da Rede Municipal de Ensino de Florianópolis, com o objetivo de abordar os desafios voltados para o ensino-aprendizagem de língua estrangeira na educação básica.
  • Projeto de pesquisa intitulado “Estudos e práticas com sequências de tarefas” (em andamento desde 2016). O objetivo é produzir conjuntos articulados de tarefas de língua inglesa para a sua aplicação na escola básica, visando avaliar o seu efeito na aprendizagem dos alunos. Envolve estudantes de graduação e pós-graduação em articulação com professores da escola pública.

Professora Dra. Sandra Quarezemim

  • Projeto de extensão desenvolvido em parceria com a professora Roberta Pires de Oliveira (PPGI)

Gramáticas na Escola: projeto de extensão vinculado ao NEG (Núcleo de Estudos Gramaticais), que realiza palestras, mesas-redondas e minicursos sobre o ensino de gramática na educação básica e a formação dos professores. Participam alunos de graduação, de pós-graduação e profissionais de ensino de língua portuguesa da rede. Algumas das atividades realizadas foram: em setembro de 2018, a mesa-redonda “Gramática, Escola e a Formação do Professor”; em fevereiro de 2019, o minicurso “O saber científico no espaço escolar: construção de gramática e olimpíada de Linguística”; em agosto de 2019, o simpósio “O lugar das Teorias Gramaticais na Educação Básica e na Formação dos Professores”, durante o VII SIMELP.